Sindicato cobra esclarecimentos da Brinks sobre a compra da Rodoban

Compartilhe:

Diretores do Sindicato se reuniram com representantes da Brinks, na manhã desta terça-feira (9), na sede do Sindicato, em Belo Horizonte, para tratar da compra da Rodoban. Participaram da reunião o vice-presidente da entidade, José Carlos de Souza, os diretores Afonso Nonato, Vitor dos Santos e Ricardo da Silva Marques.

Na oportunidade, os diretores do Sindicato questionaram os representantes da Brinks sobre o processo de transferência dos trabalhadores da Rodoban para a empresa. No entanto, devido à indefinição do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) quanto à autorização da transação, os representantes da Brinks não puderam dar detalhes sobre a questão. Segundo eles, a decisão do Cade deve sair até o próximo dia 23. Caso isso não ocorra, o órgão tem até 5 de dezembro para se posicionar.

"Esta é a segunda reunião que o Sindicato realiza para tratar do assunto, a primeira foi em janeiro deste ano, quando a representação da Rodoban confirmou que estava negociando a venda da empresa para a Brinks. Vamos continuar acompanhando de perto esse processo para que os trabalhadores da Rodoban tenham seus direitos trabalhistas assegurados com a possível mudança para a Brinks", afirma o vice-presidente do Sindicato, José Carlos.

Autorização

A Superintendência Geral do Cade recomendou a aprovação sem restrições do ato de concentração entre a Brinks Segurança de Transporte de Valores Ltda., a Rodoban Segurança e Transporte de Valores Ltda., a Rodoban Serviços e Sistemas de Segurança Ltda. e a Rodoban Transportes Terrestres e Aéreos Ltda. O despacho pela aprovação da operação foi publicado no Diário Oficial da União do dia 19 de setembro.

A operação consiste na aquisição pela Brinks de 100% das ações das empresas Rodoban Segurança e Transporte de Valores Ltda., Rodoban Serviços e Sistemas de Segurança Ltda. e Rodoban Transportes Terrestres e Aéreos Ltda.

Fundada em Minas Gerais, em 1970, a Rodoban conta com mais de 3 mil funcionários diretos em 14 filiais no Sudeste e Centro-Oeste do país. Primeira empresa do segmento no mundo, fundada em 1859, no Estados Unidos, a Brinks está presente em mais de 100 países e possui mais de 70 mil empregados, sendo 8 mil profissionais no Brasil.

Fonte: Imprensa do Sindicato.

Convenção Coletiva

Convenções Coletivas

Convenção Coletiva 2018

Ver todas »

Facebook