< Voltar

Primavera de lutas: CTB distribui manifestos e flores em atos em defesa do emprego

Dirigentes da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e de outras centrais sindicais distribuíram flores a populares nesta sexta-feira (22), durante os atos em defesa do emprego, no primeiro dia da "Primavera de Lutas".

Os atos foram realizados, simultaneamente, em sete Estados, enfocando os direitos sociais e trabalhistas, a valorização do trabalho, a defesa da soberania e da indústria brasileiras e os enormes prejuízos que as reformas da Previdência e  trabalhista trarão à população brasileira.

O presidente nacional da CTB, Adilson Araújo, disse, durante o ato em São Paulo, que a referência à primavera neste momento é muito simbólica, já que é preciso "apostar na esperança e na mudança".

"Vem aí 2018, o ano de uma batalha eleitoral estratégica, importante e fundamental para que a gente possa sinalizar uma perspectiva de futuro novo. Um futuro que apresente um projeto que tenha centralidade a valorização do trabalho", comentou.

Em Belo Horionte, a CTB Minas promoveu um ato na Praça Sete de Setembro, que reuniu dirigentes sindicais de diversas entidades filiadas em torno de uma agenda que defende a retomada do crescimento econômico com geração de emprego, distribuição da renda e valorização do trabalho.

A manifestação tambérm contou com a presença da presidenta da CTB no Estado, Valéria Morato; da secretária nacional da Mulher da CTB, Celina Arêas; e do presidente da Federação dos Metalúrgicos e Metalúrgicas do Brasil (Fitmetal), Marcelino da Rocha.

A exemplo de outros Estados, na capital mineira também foram distribuídos flores e o manifesto "Pelo emprego e em defesa do futuro do nosso povo", assinado pelas centrais sindicais.

Fonte: CTB.