Primeira reunião de negociação da Campanha Salarial Unificada será dia 21 de novembro

Compartilhe:

O Sindicato, e as demais entidades representativas dos vigilantes em Minas Gerais, entregou a pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2018-2019 à representação patronal no dia 10 de outubro.

A pauta foi elaborada após consulta aos trabalhadores e trabalhadoras em assembleias realizadas pelo Sindicato nas principais cidades-pólo do Estado, entre os dias 19 de setembro e 4 de outubro.

Além do Sindicato dos Vigilantes de Minas Gerais, participam da Campanha Salarial Unificada o Sindicato dos Vigilantes de Montes Claros e Norte de Minas, Sindicato dos Vigilantes de Juiz de Fora, Sindicato dos Vigilantes de Uberlândia e Região e o Sindicato dos Vigilantes de Uberaba e Região.

A primeira reunião de negociação com a patronal será no dia 21 de novembro, na sede do Sindesp, em Belo Horizonte. “Esperamos que, na reunião, os patrões acatem as justas reivindicações da categoria para que possamos fechar um bom acordo até a nossa data-base, que é 1º de janeiro”, diz o presidente do Sindicato, Edilson Silva (foto).

Entre as principais reivindicações da pauta deste ano estão:

- Reajuste correspondente à inflação acumulada de janeiro a dezembro de 2018 (INPC) mais ganho real de 5%;

-  Fornecimento de 30 tíquetes de R$ 28,00 por mês;

- Planos de saúde e odontológico gratuitos para os vigilantes e familiares;

- Proibição do vigilante fazer a abertura, fechamento de agências e atendimento a disparo de alarme em qualquer que seja o setor;

- Plano de saúde nacional para os vigilantes da Escolta Armada;

- Garantia de emprego ao trabalhador doente;

- Melhoria das condições de trabalho.

Fonte: Imprensa do Sindicato.

 

Convenção Coletiva

Convenções Coletivas

Convenção Coletiva 2018

Ver todas »

Facebook